< Juntas de isolamento elétrico


JUNTAS DE ISOLAMENTO ELÉTRICO INVEL

As juntas de isolamento elétrico tipo monobloco INVEL, são utilizadas para isolar eletricamente dois trechos da tubulação em aço. Limitam a corrente de fuga, eliminam curto-circuitos e otimizam a proteção catódica, conferindo considerável economia nos custos de manutenção de redes de distribuição de água e gás.

O projeto monobloco atende a todos os requisitos internacionalmente estabelecidos e o processo de fabricação, aliado à qualidade dos materiais empregados e os testes realizados em 100% das juntas, asseguram total confiabilidade, eficiência e garantia.

Normalmente produzidas para conexão por solda, podem também ser fornecidas com extremidades flangeadas ou roscadas. São utilizadas tanto em aplicações aéreas como enterradas, sem a necessidade de qualquer preparo especial e não requerem manutenção.

As juntas de isolamento elétrico tipo monobloco INVEL estão disponíveis em vários diâmetros e nas classes de pressão ANSI 150 e ANSI 300. Apresentam excelentes valores de resistência elétrica e eficiente vedação, mesmo nos casos em que são submetidas à flexão e tensões torcionais.

Características Principais

  • Adequadas para a utilização com água, gás natural, GLP, gases metano, butano e propano, óleos e outros fluidos não corrosivos.
  • Fabricadas em tubos de aço especificação API 5L-Gr. B, Schedule 80 até DN 1 1/2” e Schedule 40 a partir de DN 2”.
  • Isolamento elétrico em resina com características específicas para a sua aplicação e vedações em borracha NBR.
  • Revestimento externo anti-corrosivo.
  • Extremidades para solda conforme norma ANSI/ASME B.16.25.
  • Temperaturas admissíveis: -20º C a 70º C.
  • Teste hidrostático: 1,5 vezes a máxima pressão de trabalho.
  • Teste de resistência à tensão (no ar seco): 3.000 V, 60 Hz durante 60 segundos.
  • Teste de resistência elétrica (no ar seco): aplicação de 1.000 V de corrente contínua - resistência mínima 5 Mohm.

Informações Técnicas

Baixe o PDF juntas-de-isolamento-eletrico-invel.pdf